terça-feira, 10 de abril de 2018

#Decisão



Devido a correria do cotidiano já faz algumas semanas que não passo por aqui. Tenho tantas coisas a dizer e compartilhar com vocês, preciso me organizar, rs porém aos poucos vou conseguindo fazer isso, o desejo do meu coração é que vocês sejam alcançados e abençoados.

É bem recente o que vou falar hoje, na verdade o Abba ministrou essa palavra em meu coração hoje pela manhã.

Eu estava quase dormindo, mas o meu coração estava acordado. Escutem! O meu amado está batendo: Abra-me a porta, minha irmã, minha querida, minha pomba, minha mulher ideal, pois a minha cabeça está encharcada de orvalho, o meu cabelo, da umidade da noite. Já tirei a túnica; terei que vestir-me de novo? Já lavei os pés; terei que sujá-los de novo? O meu amado pôs a mão por uma abertura da tranca; meu coração começou a palpitar por causa dele. Levantei-me para abrir-lhe a porta; minhas mãos destilavam mirra, meus dedos vertiam mirra, na maçaneta da tranca. Eu abri, mas o meu amado se fora; o meu amado já havia partido. Eu quase desmaiei de tristeza! Procurei-o, mas não o encontrei. Eu o chamei, mas ele não respondeu. Cânticos 5:2-6

Quantas e quantas vezes o Abba nos chama, nos atrai para estar com Ele, e nós preferimos fazer tantas outras coisas do que estar com Ele, sentimos uma vontade tão grande para estar com pessoas, por entretenimento e muita das vezes mal desejamos estar com Ele. Se posso ser um tanto ousado, preferimos nos encher de tantas outras coisas do que dEle. Jeremias 29:13 diz: E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração. O quanto disso tem sido verdade em nossas vidas? O quanto dessa palavra temos desejado e de fato vivido? Só encontramos aquilo que buscamos.

Sabe, não importa o quanto você lê a bíblia, quantos livros você lê durante o mês, ou até mesmo quantos títulos você possui, se de fato você não decidir viver e manifestar essas coisas, de nada importa! Não se trata de histórias ou fábulas, se trata de uma vida.

Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.

Oséias 6:3
Quanto tempo do seu dia tem se disponibilizado a estar com Ele? É chegado um tempo que precisamos decidir estar com Ele, quantos e quantas vezes Ele nos procura nEle e não somos encontrados?  Quantas vezes nos chama a estar com Ele no secreto e não o fazemos? Sabe por que? Eu te respondo, é porque no secreto as pessoas não podem nos ver, não podem ver nossa espiritualidade ou (performance de espiritual). O que mais preferimos e desejamos é o "público", onde somos vistos, onde somos notados, onde somos admirados... Já no secreto é impossível camuflar quem somos, pois Ele sabe quem somos. Muitos se esquecem de algo, o público é reflexo do secreto, você só manifesta em público aquilo que você vive no secreto? E se isso não tem acontecido, sinto te dizer, você tem manifestado algo que você não é, como podemos manifestar alguém que não conhecemos?

Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra. Oséias 6:3

O desejo do meu coração é que você decida conhecer Jesus e manifesta-lo como nunca antes.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Diego Herreira
Maira Gall